domingo, maio 23, 2010

O Jornal do Futuro - Bastidores das mudanças na Folha

A transformação gráfica e editorial que a Folha de S. Paulo estreou neste domingo, foi captada pelo documentarista Fernando Grostein Andrade. O filme retrata as mudanças físicas na redação do jornal, que possibilitaram a integração com a Folha.com.

O documentário de 18 min. mostra também o novo projeto gráfico sendo apresentado para a equipe do jornal. A produção também captou depoimentos de Otavio Frias Filho, diretor de Redação da Folha, e dos colunistas Clóvis Rossi, Juca Kfouri, José Simão e Barbara Gancia, entre outros nomes.




Opinião

Em 14 de março, O Estado de S. Paulo também lançou seu redesenho, mais arrojada que a renovação apresentada hoje pela Folha (veja o vídeo aqui). Os dois jornais apostam que as mídias impressa e digital são complementares, embora o Estadão tenha investido mais na transferência de sua tradição e credibilidade para a internet. O estadao.com.br foi totalmente reformulado, seguindo critérios dos principais sites de notícias do mundo, como The Guardian, El País e Le Monde.

O novo projeto da Folha foi mais atualização do que renovação. Mudança pra valer foi em 2006, quando o jornal estabeleceu seu padrão de riqueza gráfica ímpar e os parâmetros de texto/artigos/fotos/infográficos de seus cadernos (que mudaram pouco, mesmo com novos nomes e articulistas).


No Brasil, a Folha já é há algum tempo o Jornal do Futuro, qualidade que reafirma nesta reforma. "Enquanto se discutia o futuro do jornal. A Folha fez o jornal do futuro". Na edição de hoje, a Folha só quis renovar sua posição de principal jornal do país.

Nenhum comentário: