domingo, fevereiro 20, 2011

Do que os governantes gostam

Silvio Berlusconi ao lado da nadadora italiana Frederica Pellegrini.


Barack Obama e Nicholas Sarkozy admiram a estudante Mayara Alves durante reunião do G8


O ex-presidente Bill Clinton conduzindo a democra
ta Fran Drescher, da série The Nanny


O ex-presidente Itamar Franco, em 1994, ao lado da modelo Lílian Ramos na Marquês de Sapucaí

Príncipe Charles durante os Jogos Escoceses

George W. Bush admirando a dupla Walsh e May durante a Olimpíada de Pequim'2008
Dimitri Medvedev, da Rússia, homenageando atletas russas campeãs olímpicas

Todos eles. Juntos.


E o Berlusconi.



domingo, fevereiro 13, 2011

Touro domado

De maior ídolo a mercenário e ingrato, Ronaldo sucumbe


Tempo, implacável nocauteador. Aos 34 anos, Ronaldo vai anunciar hoje (14/01), em entrevista coletiva, sua aposentadoria do futebol, após quase duas décadas de brilhante carreira. Frustrado com a eliminação do Corinthians na Libertadores (somada ao vandalismo protagonizado pela torcida após a derrota) e com dificuldade em perder peso, ele antecipara decisão que estava marcada para o fim do ano.

Todos os clichês são tentadores para descrever a trajetória do Fenômeno, eleito três vezes melhor jogador do mundo (1996, 1997 e 2002), bicampeão mundial (1994 e 2002) e autor de 414 gols, com a camisa verde-amarela (62, sendo 15 em Mundiais), e pelos sete clubes que defendeu: Cruzeiro (44), PSV (54), Barcelona (47), Inter de Milão (59), Real Madrid (104), Milan (9) e Corinthians (35).

Ressurgido de contusões gravíssimas, envolvido em escândalos na vida particular, ídolo e vilão nos clubes que defendeu, Ronaldo é o nosso Touro Indomável, nosso Jake LaMotta
, lendário boxeador do Bronx, vivido por Robert De Niro, em Touro Indomável, melhor filme de Martin Scorsese.

Não falta a Ronaldo drama particular para tornar-lhe personagem scorcesiano: sua vida, de Castelo de Chantilly a travestis, tem ingredientes para um roteiro de primeira grandeza.
Assim como o primeiro boxeador a vencer Sugar Ray Robinson, ele foi gênio em seu esporte, mas as polêmicas e os desafios transformaram sua vida em um ringue.

Sejamos mais sutis. Outrora o maior do mundo,
as idiossincrasias que cometeu ao longo da carreira não o transformará em um apresentador gordo de cabarés, tal qual LaMotta, mas serão suficientes para macular a imagem de mito, que já se confunde com a de ingrato (saiu da Inter, após receber apoio da torcida durante a recuperação) e mercenário (trocou a paixão Flamengo pelo projeto Corinthians).

Desta última acusação, no entanto, está farto. Inteligente - nunca falou além do necessário -, Ronaldo sabe que futebol, assim como a Igreja e o jogo do bicho, se alimenta de fé. E que Deus é dinheiro, muito dinheiro.



quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Como nascem as causas

As críticas de um consumidor contra a Brastemp, levou o nome da fabricante de eletrodomésticos a figurar entre os assuntos mais discutidos do mundo no Twitter na última sexta-feira. Dono de uma geladeira Brastemp que apresentou deifeito há três meses, o paulista Oswaldo Borelli usou o canal de vídeos YouTube para contar seu difícil relacionamento com a empresa, que ainda não solucionou seu problema.

No vídeo de pouco mais de 4 minutos, gravado em frente sua casa, Borelli conta que gastou R$ 268 com reparos e parou de desembolsar quando o orçamento para resolver o problema ultrapassara R$ 3 mil, mais do que o valor da geladeira.

O assunto, até aqui, já era deveras interessante. Mas como toda exposição busca lá suas recompensas, resolvi bisbilhotar a vida do tal @oboreli - endereço no twitter no qual fez questão de divulgar em vídeo -, a partir do número 45223, do seu endereço no Youtube.

Borelli foi vereador de Santana de Parnaíba, interior de São Paulo, até 2008 e participou do Secretariado Estadual dos Vereadores do PSDB, que representa os mais de 1500 filiados do partido com vaga nas câmaras municipais paulistas. Ele teve 3604 votos nas eleições de outubro, postulando vaga na Assembleia, número insignificante diante dos 453.647 views do seu vídeo, que lhe rendeu o topo dos TTBr.

Agora, será que ele vai se lançar "O Borelli da Brastemp" em 2012? Aposto um Délio Malheiros que Borelli vai se promover como "o vereador do consumidor" em Santana no Parnaíba. Uma pena que vou me esquecer deste assunto em poucos dias e não acompanharei o desfecho da profecia.