terça-feira, dezembro 16, 2008

O Jazz na tela grande


O Estadão.com disponibilizou na seção multimídia dois podcasts intitulados O Jazz na tela grande. O jornalista Emerson Lopes, responsável pela série Jazzy, listou uma gama de músicas e músicos que estreitaram a relação entre esse gênero musical e o cinema. Os áudios estão divididos em duas partes, em mais de duas horas de programa.


Filmes como Bird, de Clint Eastwood, que conta a trajetória do saxofonista Charlie Parker – ao lado de Dizzy Gillespie, o pais do bebop, em fins dos anos 1940 –, e as trilhas sonoras de Hary e Sally e A era do rádio estão no cardápio.

Forest Whitaker, que foi genial ao reviver o inferno astral sob efeito de heroína de Parker, em Bird, vai novamente interpretar um dos grandes nomes do jazz: Louis Armstrong, em What a Wonderful World, sem previsão de estréia. A cinebiografia autorizada do trompetista será produzida pelo estúdio francês Legende – o mesmo de La vie en Rose, sobre Edith Piaf.

___________________________________________________