sábado, outubro 10, 2009

Tarja preta

O governo Kirchner aprovou ontem, após 14 horas de debate no Senado argentino, o texto-base para a nova lei de imprensa do país. A intenção, como ficou claro na invasão ao Clarín, mês passado, é enfraquecer os conglomerados de mídia - que são opositores ao governo de Cristina.

A nova lei de imprensa - que substituirá a atual, criada na ditadura (1976-1983) - pretende democratizar a produção de conteúdo no país. Até aí, tudo bem. Mas prevê também que nenhuma empresa privada poderá ter um canal aberto e outro fechado simultaneamente, restrição inédita no mundo, e que o sinal dos canais privados não poderão ultrapassar 30% do território. Apenas as tevês estatais chegarão a todos os lares argentinos. (Detalhes, aqui)

Governo e imprensa nunca se bicaram na América do Sul, seja em regimes democráticos, ditatoriais ou, mais recentemente, bolivarianos. Chávez não concedeu a renovação da concessão à RCTV, em 2006, e o único canal não-chavista da Venezuela, o Globovisión, é alvo de constantes intimidações. (Vale a pena assistir ao documentário A revolução não será televisionada, disponível aqui).

No mesmo caminho de repressão à imprensa seguem Rafael Corrêa (Equador) e Evo Morales (Bolívia). Corrêa, por exemplo, vive enchendo os canais El Universo e Teleamazonas de processos. Segundo ele, as duas redes são conspiradoras e golpistas. Aliás, um dos planos da criação da Unasul é fiscalizar os "abusos da imprensa", ideia compartilhada por Corrêa e Chávez.

Por mais que o Brasil se mantenha distante deste quarteto anti-imprensa, o Estadão está há 71 sob censura, proibido por uma liminar de noticiar o andamento dos processos na Polícia Federal contra a família Sarney - este, paradoxalmente, o maior opositor da entrada da Venezuela no Mercosul. A proibição veio do desembargador Dácio Vieira, amigo próximo do clã maranhense.

Aqui, a repressão trocou a farda pela toga.

____________________________________

+ Imprensa e América Latina neste blog:

Honduras - Cobertura da Imprensa na crise
Cuba - À sombra de Fidel
México - Cabezas Cortadas
Chile/Brasil - Podres Poderes


imprensa argentina principais jornais argentina ditadura jornais argentina cristina kichner clarin ditadura hugo chavez ditadura cocaina estados unidos baixar pronunciamento chaves dircurso chavez chavez fidel castro bolivarianos ditadura da imprensa na america latina jornais fechados por chavez rctv ditadura globovision baixar lula chavez cristina entender crise imprensa na argentina jornais na ditadura argentina ditadores argentinos